Heroes of the Storm

Heroes of the Storm Closed Alpha

Um MOBA grátis da Blizzard para encarar DotA2 e League of Legends

O Heroes of the Storm representa o futuro do MOBA? É certo que a chegada do Blizzard neste setor se apresenta como um evento. Ao reutilizar os personagens e o universo do desenvolvedor, o Heroes of the Storm oferece um competitivo jogo multiplayer de alta qualidade, tomando distância dos cânones do gênero para oferecer uma experiência de jogo inovadora. Ler descrição completa

PRÓS

  • O mundo da Blizzard em um MOBA
  • Os modos de jogo originais
  • A jogabilidade
  • O desenho das cartas e personagens

CONTRAS

  • Poucos jogadores por enquanto
  • Graficamente medíocre
  • Nenhuma ajuda presente no jogo

O Heroes of the Storm representa o futuro do MOBA? É certo que a chegada do Blizzard neste setor se apresenta como um evento. Ao reutilizar os personagens e o universo do desenvolvedor, o Heroes of the Storm oferece um competitivo jogo multiplayer de alta qualidade, tomando distância dos cânones do gênero para oferecer uma experiência de jogo inovadora.

A aliança de Diablo e Raynor

Você sempre sonhou em ver os personagens da Blizzard competir em um único jogo? Chegou a hora do Heroes of the Storm! Levando o melhor das séries Diablo, Warcraft e Starcraft, o jogo começa já com um alto capital de simpatia! Você terá à sua disposição um grande número de personagens da Blizzard, cada um com suas próprias características e habilidades. Uma vasta gama para fazer confrontos interessantes e variados.

Em relação à fórmula clássica de MOBA (que apresenta lutas na arena entre duas equipes de cinco pessoas), o Heroes of the Storm se destaca pela abundância de mapas e modos de jogo que oferecem inúmeras variações.

Alguns cenários pedem para que você esvazie a masmorra da equipe adversária, enquanto outras pedem para coletar moedas de ouro para pagar um pirata para bombardear os barcos inimigos. Essas são umas ótimas novidades, benéficas para um gênero que muitas vezes sofre com uma certa estagnação.

As regras que regem este gênero foram redesenhadas em profundidade. Não há mais gestão do ouro ou do equipamento, mas um sistema de jogo focado em ganhar experiência (que a equipe tem que partilhar) e o desenvolvimento de habilidades de seu personagem. Você recebe novos feitiços em cada passagem de nível, mas terá que fazer escolhas: algumas habilidades impedem o acesso a outras, o que acaba personalizando cada partida.

Uma jogabilidade milimétrica ainda sem dinamismo

Como é habitual com a Blizzard, os Heroes do Storm oferece uma jogabilidade muito bem acabada, mesmo na sua versão alpha. Tudo parece já definido, seja os menus ou o controle dos personagens. Mesmo que eles não tenham reatividade (com uma inércia enorme nos controles que lembra o DotA 2), a jogabilidade é precisa e permite partidas equilibradas e técnicas.

Sobre a curva de aprendizado, temos que admitir que o Heroes of the Storm ainda tem muito a fazer. Existe um mini-tutorial para explicar os fundamentos do MOBA aos mais novatos, porém, o jogador fica sozinho rapidamente. Não há nenhuma explicação dos modos de jogo específicos do HotS, e você terá que ser criativo e começar a olhar para os guias na internet para entender alguma coisa!

Aposto que a Blizzard vai expandir os tutoriais disponíveis antes do lançamento do jogo. O aumento da comunidade de jogadores deveria ajudar a jogar mais rapidamente no futuro: por enquanto, devemos ter muita paciência para participar de uma partida e que esta dure pelo menos cinco minutos.

Uma realização discreta mas velha

De um ponto de vista gráfico, o Heroes of the Storm não tem brilho. A aparência e o caráter elegantes dos desenhos se encaixam bem com as belas paisagens (superiores a outros jogos do gênero, como o League of Legends ou DotA 2). Mas a estética não é tudo, e a tecnologia do HotS resulta já atrasada: construído com o motor de Starcraft II, o jogo não vai impressionar ninguém com texturas que irritam os olhos ao aumentar o zoom. Nada insuperável para um jogo que tem fortes qualidades estéticas, mas é uma pena ter que reconhecer um atraso técnico mesmo antes da data do lançamento.

O futuro messias do MOBA?

Atualmente em versão alfa, o Heroes of the Storm já parece ter um enorme potencial. Aproveitando o mundo e a estética próprios da Blizzard, o jogo parece ser muito atrativo. Mas acima de tudo, a Blizzard parece ter repensado as bases do gênero MOBA para oferecer uma experiência verdadeiramente refrescante.

Os jogadores puristas vão chorar pela excessiva simplificação; outros irão desfrutar de um jogo concebido para ser acessível e divertido, sem sacrificar a simplicidade própria de um jogo online competitivo. Um MOBA para acompanhar de perto!

Heroes of the Storm

Download

Heroes of the Storm Closed Alpha